Notícias

LAS NUBES DE LA MEMORIA: INSUFLÁVEIS DE HÉLIO PARA O ANO JACOBEU 2010

A  Sociedade Estatal de Comemorações Culturais SECC, com a colaboração da Obra  Social Fundação La Caixa e das Comunidades Autônomas que fazem parte do  Conselho Jacobeu, desenhou o Programa de Actividades para o Ano Jacobeu 2010.
 
Dentro  do ciclo de atividades no que a arte, a literatura, a música e o teatro serão  elementos centrais, encontra-se o projeto 'As nuvens da memória'. A ideia,  concebida pelo artista Eugenio Ampudia (www.eugenioampudia.net/),  levará sete nuvens insufláveis de hélio, transportadas por peregrinos, até  Santiago de Compostela.    Para  Ampudia, "as nuvens não são apenas formas. Carregam dentro o olhar do  homem. No seu contínuo fazer-se e desfazer-se, mudar e renascer, carregam  sonhos, imaginações e recordações. Alguém, alguma vez e em algum lugar, alçou  a vista ao céu de nuvens e...    escolheu  uma onde deixar a sua visão. Uma nuvem tem memória. Uma memória absoluta,  formada pela sua inesgotável capacidade para modelar-se com a imaginação de  quem a contempla. Uma nuvem apenas contém todas as imagens. As nuvens  transportam informações e as...    transformam  enquanto viajam. Daquela nuvem, que ao passar levou a imagem do nosso  pensamento, ficou aquela outra que recolhe o que é vosso".
 

   As  Nuvens Insufláveis da memória foram apresentadas na terça-feira passada, dia  22 de junho, no Museu Reina Sofía. Depois, os insufláveis começaram a sua  peregrinação em cada um dos centros de artes e espaços...    Nos que  se exibem peças da exposição Ars Itineris: a viagem na Arte Contemporânea.

  No dia  11 de julho, a primeira nuvem começará a sua viagem do Museu de Navarra até  Santiago de Compostela, onde será transportada a pé por diferentes peregrinos  durante cada uma das etapas. Nos descansos de cada etapa do Caminho, os  dirigíveis insufláveis com forma de nuvens serão pendurados num albergue ou  num espaço da localidade com o objetivo de que o público possa ver,  projectadas sobre o insuflável, as distintas imagens que este foi gravando  durante o seu trajecto, unidas às imagens que os peregrinos e os visitantes  das diferentes exposições quiseram incluir nos pendrives. A projecção será  acompanhada de um áudio composto especialmente para a ocasião por Juan Manuel  Artero.    

Inicia-se,  assim, um processo ao longo da rota que reunirá até sete nuvens insufláveis,  cada uma procedente de um centro de arte, que se reunirão na Praça da  Quintana de Santiago de Compostela no dia 22 de julho. Em Santiago de  Compostela, organizar-se-á um espectáculo audiovisual    que  projectará sobre estas e a Praça da Quintana todas as imagens e vídeos  recolhidos durante o  Caminho.    

Aproveitamos  para registrar o nosso agradecimento à SECC e ao Sr. Eugenio Ampudia pela  confiança depositada em nós, www.publi-zeppelines.com/, para a  produção das nuvens insufláveis de hélio. Tampouco nos esquecemos do Sr.  Domingo, da empresa Scnik SA, cuja ajuda foi de um valor inestimável.    

Queremos  compartilhar com vocês as fotografias, para que possam dar-nos vossa opinião.

 
PROYECTO I+D IDEPA
"Desarrollo de pantallas de leds flexibles"